Últimos assuntos
» Quarto da Beca
31.01.15 20:42 por Rebeca Brandão

» Quarto da Flora
31.01.15 20:30 por Finn Castelo

» Quarto do Jack
29.01.15 22:52 por Rebeca Brandão

» Sala de estar
12.10.14 22:12 por Finn Castelo

» Sala de estar
15.09.14 15:43 por Jack Castelo

» Quarto do Finn
09.09.14 12:18 por Finn Castelo

» Sala de Jantar
16.08.14 17:34 por Rodrigo Rocha

» Sala de Estar
11.08.14 21:51 por Aimee Mota

» Quarto do Rodrigo
04.08.14 13:18 por Aimee Mota

Parceiros
     
Para fazeres parceria basta mandares mp a uma das Admin's com uma imagem ilustrativa ao teu fórum. 

Quarto do Jack

Página 3 de 5 Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Quarto do Jack

Mensagem por Jack Castelo em 02.02.14 23:11

Relembrando a primeira mensagem :

avatar
Jack Castelo

Mensagens : 300
Data de inscrição : 01/02/2014

+ Info
Idade: 19
Estado Civíl: Casado
Cara-Metade: Finn Castelo

Voltar ao Topo Ir em baixo


Re: Quarto do Jack

Mensagem por Jack Castelo em 03.10.14 22:54

Depois de subir as escadas agarrei nela ao colo e tapei-lhe a boca antes que fizesse algum barulho, como era típico das raparigas. Tinha que ter cuidado com a minha irmã, não queria que ela acordasse por nada ou, se ainda estivesse acordada, que não nos ouvisse. Sorri dando uma corrida até ao meu quarto e fechei-nos à chave lá dentro em tempo recorde. Coloquei Becca, cuidadosamente, no chão e olhei-a, feliz por termos chegado até ali sem sermos apanhados. A minha mãe, de novo, se me tivesse ouvido, ia dar-me uma bronca por causa de não a avisar de nada, porque, o mais provável era Finn não lhe ter dito e, mesmo que dissesse, ela ia chatear-se na mesma. Aproximei-me devagarinho dela e passei os dedos pelo seu cabelo, agarrando nele e colocando-o apenas de um dos lados, deslizando as mãos pelas suas costas, encostando-a gradualmente contra mim. -Gostas do meu quarto? - perguntei baixinho sem a deixar ver muito dele porque já me estava a aproximar para a beijar, mas mais calmamente do que os beijos anteriores que já tínhamos dado.
avatar
Jack Castelo

Mensagens : 300
Data de inscrição : 01/02/2014

+ Info
Idade: 19
Estado Civíl: Casado
Cara-Metade: Finn Castelo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto do Jack

Mensagem por Rebeca Brandão em 04.10.14 17:01

Agarrei-me ao pescoço de Jack assim que o senti pegar em mim ao colo e tive de me controlar bastante para não soltar nenhuma espécie de gritinho, se bem que não tive sequer hipótese de o fazer, uma vez que Jack, talvez para prevenir, me tapou a boca. E ainda bem. A última coisa que queria era ser a culpada de sermos apanhados. Ri-me baixinho contra a sua mão, dando beijinhos na mesma enquanto ele subia as escadas e, assim que chegámos ao seu quarto, esperei que me pusesse no chão para olhar em volta. Obviamente que era bem mais espaçoso do que o meu, mas a verdade também era que nós, raparigas, tínhamos o dobro das coisas que os rapazes tinham. Por isso, não me podia queixar. Estremeci assim que senti uma mão no meu cabelo, que só podia ser de Jack e deixei que o meu corpo fosse de encontro ao seu, o que me fez sorrir discretamente. Escusado será dizer que não tive tempo de ver mais nada do seu quarto porque quem é que conseguia prestar atenção a mobília quando o Jack Castelo nos estava a agarrar daquela forma? Ninguém, nem mesmo eu. E eu era uma pessoa que me conseguia controlar bastante bem!! (Nem por isso). Rodeei o seu pescoço com ambos os braços, como sempre fazia, e soltei uma pequena gargalhada ao ouvir a sua pergunta, tendo de a calar assim que os seus lábios ficaram demasiado próximos dos meus.
- Nem por isso.- murmurei contra os mesmos, com um sorriso maroto.- preferia ver o do teu irmão.- completei, tentando manter-me com uma expressão séria mas, antes que ele tivesse tempo de dizer fosse o que fosse, já eu estava a corresponder ao seu beijo.
avatar
Rebeca Brandão

Mensagens : 144
Data de inscrição : 09/05/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto do Jack

Mensagem por Jack Castelo em 04.10.14 17:18

Apesar do que ela disse, continuei a beija-la, passando as mãos pelas suas costas -então - comecei a falar entre beijos - vai para lá e fica à espera dele - murmurei com a voz abafada, por ainda ter os lábios colados ao delas. Acabei por larga-los encostando a minha testa à sua e desci os meus dedos ate ao seu rabo, colando-a ao meu corpo e conduzindo-a até perto da cama. - mas ficas a saber que sou muito mais interessante - continuei voltando a beija-la. Deitei-a calmamente sobre a minha cama com um sorrisinho maroto e apoiei-me num braço para fazer o mesmo, mas em cima dela. - por isso, vais arrepender-te - terminei num tom tão baixo que nem sei se ela me ouviu, mas já nem me interessava nada porque as minhas mãos deslizavam agora pela suas pernas.
avatar
Jack Castelo

Mensagens : 300
Data de inscrição : 01/02/2014

+ Info
Idade: 19
Estado Civíl: Casado
Cara-Metade: Finn Castelo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto do Jack

Mensagem por Rebeca Brandão em 04.10.14 17:45

Obviamente que o que tinha dito a Jack não tinha passado de uma tentativa de o provocar porque bastava olhar para a forma como o meu corpo reagia aos seus toques para se perceber que, naquele momento, não havia mais ninguém que eu quisesse como o queria a ele. Sorri contra os seus lábios, à medida que o ouvia falar, e tentei não cair enquanto andava para trás, soltando um suspirinho mal as suas mãos marotas foram parar ao meu rabo. Desci uma das minhas mãos desde o seu pescoço até ao seu peito e só não o comecei logo a despir porque Jack me deitou na sua cama. Ajeitei o meu corpo debaixo do seu, colocando de imediato as minhas pernas em redor da sua cintura mal se deitou em cima de mim e aí sim, enfiei a minha mão pela sua camisola a dentro.
- Será que vou? - sussurrei contra os seus lábios, mordiscando-lhe o inferior antes de continuar.- acho que tens que me mostrar em vez de falares tanto.- disse, como se tivesse sido eu a provocá-lo. Fechei os olhos face a todos os seus toques, sentindo a minha pele arrepiar-se e colei o meu corpo ao seu, começando a puxar-lhe a camisola para cima, para o poder tocar como deve de ser. Agora que estávamos ali, eu não queria nem tinha de me conter. Só queria tocar-lhe o beijá-lo as vezes que me apetecesse, sem ter de me preocupar com nada.
avatar
Rebeca Brandão

Mensagens : 144
Data de inscrição : 09/05/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto do Jack

Mensagem por Jack Castelo em 04.10.14 19:08

Semicerrei os olhos quando decidiu voltar a provocar-me, nunca sabia se, quando ela falava assim, provar-lhe que o que dizia era mentira ou apenas parar o que estava a fazer e ignora-la. No entanto, desta vez, era impossível parar, isto já estava demasiado avançado para eu conseguir fazê-lo. Assim que me deitei em cima dela, puxei-a para o centro da cama e procurei pelo fecho atrás das suas costas, puxando-o mal o encontrei. Podia agora perguntar-lhe se isto era mesmo o que ela queria, mas pela forma como me beijava, eu nem precisava de lhe perguntar, para além disso, ela já mo tinha dito que era. Puxei as suas pernas até me rodeassem a cintura e enquandrei-me no seu pescoço roçando os lábios pelos seus enquanto a ajudava a tirar o seu vestido.
avatar
Jack Castelo

Mensagens : 300
Data de inscrição : 01/02/2014

+ Info
Idade: 19
Estado Civíl: Casado
Cara-Metade: Finn Castelo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto do Jack

Mensagem por Rebeca Brandão em 05.10.14 16:08

Felizmente para nós, e ainda que a culpa fosse minha, Jack não me respondeu. Se bem que, mesmo que ele o tivesse feito, eu já não estava em condições para falar. O meu corpo reagia cada vez mais aos seus toques e, consequentemente, a vontade que tinha de estar com ele aumentava a cada segundo. Levantei ligeiramente o tronco, assim que percebi que Jack me queria tirar o vestido e, à medida que ele o fazia, puxei também a sua camisola para cima, até lha conseguir tirar. Atirei-a para um canto qualquer, voltando a deixar cair o meu corpo sobre a cama e deslizei ambas as mãos pelo seu peito, soltando um suspiro prazeroso por finalmente lhe estar a tocar daquela forma. Já para não falar que, se ele já era bastante apetitoso com roupa, melhor ainda ficava sem ela. Subi marota com os meus pensamentos, subindo o olhar para o seu e visto que os nossos lábios já estavam bastante próximos, bastou-me entreabrir os meus para o beijar.
avatar
Rebeca Brandão

Mensagens : 144
Data de inscrição : 09/05/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto do Jack

Mensagem por Jack Castelo em 05.10.14 23:32

Sorri quando me vi livre do seu vestido e ajudei-a a tirar a minha t-shirt, passando os lábios pelos seus de forma marota ao sentir as mãos pelo meu tronco. Aproveitei-me também da sua nudez parcial para me afastar um pouco, a observar discretamente e baixar-me um pouco até roçar a boca pela sua pele salgada por causa da água do mar. Beijei calmamente a sua zona dorsal e sub até ao seu peito, mordendo-lhe o biquíni. Apressei-me a passear as mãos pelas suas pernas, subindo até as suas costas e comecei a desapertar-lhe o soutien do biquíni. Não estava para a provocar muito, queria-a demasiado.
avatar
Jack Castelo

Mensagens : 300
Data de inscrição : 01/02/2014

+ Info
Idade: 19
Estado Civíl: Casado
Cara-Metade: Finn Castelo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto do Jack

Mensagem por Rebeca Brandão em 07.10.14 22:49

Eu ainda não acreditava que estava mesmo ali e que aquilo ia mesmo acontecer. Até podia parecer que tinha passado pouco tempo, visto que só o conhecia há praticamente três dias, mas eu sentia que tinha passado uma eternidade. O desejo que sentia por ele era tão grande e incontrolável que eu não via a hora de o que estava prestes a acontecer, acontecesse. Podem chamar-me de imatura, precipitada, inconsequente, o que quiserem...mas eu estava a sentir-me tão bem naquele momento que pouco me interessava o que fossem pensar. Naquele momento, e ali no seu quarto, a única coisa que interessava era eu e ele, mais nada nem ninguém.
Sorri satisfeita contra a sua boca, assim que me consegui livrar da sua camisola e aí sim, não hesitei em tocar no seu corpo como deve de ser. Vagueei pelos seus abdominais, deliciando-me com a textura dos mesmos debaixo dos meus dedos, e passei depois para os seus braços e costas. Queria tocar em cada pedacinho seu, senti-lo ali comigo. Fechei os olhos com a sensação dos seus lábios pelo meu corpo e rapidamente as minhas mãos desceram até ao seu cabelo, acariciando-o à medida que me deixava levar por tudo o que estava a sentir. Forcei-me a abrir os olhos aos poucos, de forma a conseguir olhar para os seus movimentos, e não houve como esconder um sorriso maroto ao vê-lo mordiscar-me a parte de cima do biquini. Apertei as minhas pernas em torno da sua cintura, como que a dizer-lhe para que mo tirasse, mas não foi sequer preciso aquele meu incentivo, visto que, pouco depois de o ter feito, já Jack me estava a despir. Voltei a deixar cair a cabeça na almofada, soltando um suspirinho prazeroso, e fui descendo as minhas mãos até perto dos seus calções, deslizando uma das minhas mãos pela parte coberta do seu membro. Eu podia não ser nenhuma top model e muito provavelmente não era a melhor rapariga com quem ele já tinha estado, mas estava mais do que visto que o desejo que eu sentia por ele, era mais do que recíproco.
avatar
Rebeca Brandão

Mensagens : 144
Data de inscrição : 09/05/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto do Jack

Mensagem por Jack Castelo em 10.10.14 23:00

É possível as raparigas serem todas iguais e ela ser totalmente diferente? Eu não sei a resposta correta a esta pergunta, mas até o seu toque era diferente e isso impressionava-me mesmo. Ela não me puxava os cabelos até me deixar careca, não me arranhava até deixar marcas e sangue, nem esfregava a sua cara contra a minha barriga como se fosse uma cadela. Nunca pensei conseguir arrepiar-me como uma menina quando alguém me tocava, mas a forma como ela o fazia era diferente, mais suave e mais... desejoso. Passei também eu as mãos pelas suas pernas, encostando os nossos corpos o mais que pude e subi de novo os meus lábios para os seus, beijando-a e apertando o seu rabo. Oh meu deus eu já queria fazer isto há tanto tempo. Suspirei contra os seus lábios não querendo adiar mais aquilo e rocei o meu nariz na sua bochecha. Cedi à tentação de lhe puxar o soutien sem cuidados quando passei os dedos pelo mesmo e olhei para o que fazia, explorando o seu corpo ao mesmo tempo que desatava os fios com a outra mão. Sorri agarrando na sua cintura quando se apertou contra mim e acabei de o tirar descendo os meus lábios na direção dos seus mamilos. Agarrei-me ao seu corpo quando o fiz e senti todos os meus músculos ficarem mais rígidos ao sentir a sua mão sobre os meus calções. Deixei os meus olhos fechados contra a sua pele e suspirei baixinho, subindo até ao seu pescoço descendo as mãos pelo seu rabo.
avatar
Jack Castelo

Mensagens : 300
Data de inscrição : 01/02/2014

+ Info
Idade: 19
Estado Civíl: Casado
Cara-Metade: Finn Castelo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto do Jack

Mensagem por Rebeca Brandão em 10.10.14 23:11

Nós ainda não estávamos a fazer nada demais e era como se eu já sentisse o meu corpo a explodir de prazer apenas com os seus toques. Era inexplicável, e eu não me cansava de o dizer, mas era um inexplicável tão bom que eu só queria continuar a sentir o que sentia. A forma como ele me tocava, a forma como ele me olhava e até a forma como me beijava..faziam-me sentir desejada, desejada de uma forma que nunca sentira antes. Era como se estivesse a experimentar todo aquele tipo de coisas pela primeira vez, o que se calhar não era totalmente mentira, uma vez que era a primeira vez que realmente me sentia daquela forma. Mordi o lábio inferior com força, ao sentir as suas mãos no meu rabo, e arqueei ligeiramente o corpo, sentindo todo o meu corpo arrepiar-se assim que o meu peito ficou descoberto. Se fosse noutra situação, eu estaria a morrer de vergonha por estar assim, mas com ele..era como se já o conhecesse há tempo mais do que suficiente para me sentir à vontade. Sorri com os meus próprios pensamentos, abrindo os olhos devagarinho, mas rapidamente tive de os voltar a fechar assim que senti a sua boca descer até ao meu peito. Apertei o seu cabelo com um bocadinho mais de força, visto que uma das minhas mãos ainda continuava embrenhada no mesmo e, com a outra, raspei as unhas pela linha dos seus calções, começando por fim a desabotoá-los para lhos conseguir tirar. Soltei um gemido baixo perto da sua orelha, assim que os seus beijos subiram até ao meu pescoço e depois de descer a minha mão do seu cabelo até à sua bochecha, fiz com que a sua cara viesse para mais perto da minha, de modo a conseguir beijá-lo novamente. Ele era tão viciante, eu não conseguia parar.
avatar
Rebeca Brandão

Mensagens : 144
Data de inscrição : 09/05/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto do Jack

Mensagem por Jack Castelo em 10.10.14 23:39

Fechei os olhos com mais força passando os lábios pela sua pele salgada por causa da água do mar e, ao senti-la desabotoar os meus calções, ajudei-a a tira-los que já me estavam a irritar. - Queres tomar um banho comigo? - perguntei baixinho perto do seu ouvido, mordiscando-lhe essa zona do pescoço. Subi uma mão pelo seu braço puxando-a mais para mim e fechei os olhos com força sentindo os seus lábios virem ao encontro dos meus. Beijei-a rodeando a sua cintura e comecei a fazer com que o seu corpo elevasse um pouco, para que a pudesse olhar e ela me pudesse responder à minha pergunta.
avatar
Jack Castelo

Mensagens : 300
Data de inscrição : 01/02/2014

+ Info
Idade: 19
Estado Civíl: Casado
Cara-Metade: Finn Castelo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto do Jack

Mensagem por Rebeca Brandão em 11.10.14 16:09

Soltei um suspirinho prazeroso, assim que finalmente lhe consegui tirar os calções e, depois de os atirar para um canto qualquer do seu quarto, senti o meu corpo estremecer, graças à boca de Jack colada ao meu ouvido.
- Quero.- murmurei, com a voz meio rouca, e só não me levantei logo porque os seus lábios eram demasiado difíceis de recusar, ou até mesmo impossíveis. Afundei ambas as mãos no seu cabelo, como sempre fazia quando o beijava, e tive de fazer um enorme esforço para não me entusiasmar demasiado com aquele beijo, se é que ainda queríamos tomar banho hoje. Apanhei o seu lábio inferior com os meus dentes, puxando-lho ligeiramente para trás e uma vez que estava ligeiramente sentada no seu colo, rocei a parte de baixo do meu biquini nos seus boxers, antes de me começar a levantar. Olhei-o com um sorriso maroto, tendo apenas de puxar o fio das cuecas para que elas me deslizassem pelas pernas e, ainda com o mesmo sorriso, estiquei a mão na sua direcção, para que se levantasse também.
avatar
Rebeca Brandão

Mensagens : 144
Data de inscrição : 09/05/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto do Jack

Mensagem por Jack Castelo em 11.10.14 18:59

Rocei os lábios pelo seu pescoço passando as mãos pelas suas costas e fechei os olhos descendo logo para o seu rabo quando se roçou contra os meus boxers. Afastei a minha cabeça do seu corpo para a olhar e já ela se estava a levantar. Semicerrei-lhe o olhar por se estar a afastar tão rápido, mas rapidamente deixei que um sorrisinho me aparecesse nos lábios vendo-lhe o resto do biquíni cair-lhe pelo corpo. Levantei-me o mais rápido que consegui agarrando na sua mão e fazendo com que desse uma voltinha sobre si, puxando-a logo contra o meu corpo. Sorri encostando o meu peito às suas costas e afastei o seu cabelo todo para um lado, roçando os meus lábios pelo seu pescoço. Fiz com que ela andasse à minha frente e abri a porta da casa de banho que, felizmente, era privada e não corríamos riscos. - Ficas a dormir comigo? - perguntei sem saber se isso era possível por causa da sua mão.
avatar
Jack Castelo

Mensagens : 300
Data de inscrição : 01/02/2014

+ Info
Idade: 19
Estado Civíl: Casado
Cara-Metade: Finn Castelo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto do Jack

Mensagem por Rebeca Brandão em 12.10.14 22:04

- Vê lá não te babes Castelo.- provoquei ainda com o meu sorrisinho, ao vê-lo olhar para o meu corpo, e esse sorriso só desapareceu quando, depois de me fazer rodopiar, Jack encostou as minhas costas ao seu peito. Mordi o meu lábio inferior com força, sentindo todo o meu corpo arrepiar-se apenas com o seu toque e escusado será dizer que apenas piorou mal senti os seus lábios pousarem sobre a minha pele. Deixei escapar um suspiro prazeroso, ao mesmo tempo que encostava ainda mais o meu corpo ao seu, se é que isso era possível, e fui andando de olhos fechados até à casa de banho, deixando que fosse Jack a guiar-me. Abri-os assim que ouvi a porta fechar-se e virei-me de frente para ele aos poucos, sentindo um sorriso aparecer-me nos lábios assim que ouvi a sua pergunta.- só se pedires com jeitinho.- provoquei, esticando-me até roçar os meus lábios nos seus. Era óbvio que ficava ali com ele, aliás, não me parecia que a minha mãe fosse precisar de mim, por isso, não havia problema. Apanhei o seu lábio inferior com os meus dentes, puxando-lho ligeiramente para trás e antes que ele tivesse tempo de fazer fosse o que fosse, desci a minha boca até ao seu pescoço, ao mesmo tempo que lhe baixava os boxers.
avatar
Rebeca Brandão

Mensagens : 144
Data de inscrição : 09/05/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto do Jack

Mensagem por Jack Castelo em 12.10.14 22:22

-Não sejas convencida - murmurei mordiscando-lhe a sua orelha e olhei-nos ao espelho quando chegamos à casa de banho. Acho que se alguma vez tinha estado vermelho, aquele era o momento e não era por causa de estar envergonhado. Eu queria-a mesmo muito, isto já tinha ido até aqui e se por acaso acontecesse alguma coisa que a fizesse mudar de ideias eu não ia aguentar. 
Sorri com a sua provocação e rocei os meus lábios nos seus, descendo as minhas mãos para a zona do seu rabo, já a querer dizer que era assim que lhe ia pedir com jeitinho - daqui a pouco eu volto a perguntar-te - murmurei contra os seus lábios. Ri-me afastando o meu lábio inferior dos seus dentes e ia beija-la de novo quando ela atacou o meu pescoço. Fechei os olhos deslizando as mãos pelas suas costas e ajudei-a com os meus boxers que já não estavam ali a a fazer nada. Estiquei apenas uma mão, sem me afastar muito e liguei a torneira no meio, para a água começar a correr e nós nos metermos lá.
avatar
Jack Castelo

Mensagens : 300
Data de inscrição : 01/02/2014

+ Info
Idade: 19
Estado Civíl: Casado
Cara-Metade: Finn Castelo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto do Jack

Mensagem por Rebeca Brandão em 14.10.14 22:53

Como aquele era o momento menos apropriado para estarmos a falar e a provocar-nos um ao outro, e como eu queria fazer tudo menos falar, decidi não responder ao seu ''não sejas convencida'', limitando-me a dirigir-lhe um olhar matador que logo desapareceu ao sentir os seus dentes na minha orelha. Encolhi-me contra o seu corpo, pendendo ligeiramente a cabeça para cima do seu ombro e mantive-me o mais encostada a ele que consegui. Não queria parar de lhe tocar nem por um segundo, queria sentir a sua pele junto da minha o mais possível..acho que nunca tinha desejado tanto alguém como o desejava a ele, era mesmo inexplicável. Virei o meu corpo de frente para o seu, aproveitando para deslizar as minhas mãos pelo seu peito enquanto o fazia, e subi o olhar para o seu ao ouvi-lo falar, mostrando-lhe um sorriso maroto, que rapidamente se fez acompanhar por um suspirinho prazeroso face às suas mãos no meu rabo. A forma como ele me tocava..eu não sabia como é que ele fazia aquelas coisas, mas que tinham efeito, tinham.
- Mal posso esperar.- murmurei apenas, já com a boca colada ao seu pescoço e continuei a espalhar beijos pelo mesmo, ficando muito mais satisfeita assim que lhe consegui despir os boxers. Atirei-os para um sítio qualquer, subindo depois a língua pelo seu pescoço acima e só parei junto da sua orelha, passando a língua pela parte de trás da mesma. Puxei o seu corpo mais contra o meu, dando-lhe espaço para que ligasse a água e assim que ouvi o som desta a correr, comecei a caminhar para trás, trazendo Jack comigo para mergulharmos os nosso corpos na água quente do chuveiro.
avatar
Rebeca Brandão

Mensagens : 144
Data de inscrição : 09/05/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto do Jack

Mensagem por Jack Castelo em 15.10.14 19:00

Uma das razões pela qual lhe tinha perguntado se queria ir "tomar banho" comigo, era porque já tinham passado demasiadas pessoas por aquela cama nestas ultimas semanas e, só de pensar estar com ela la, fazia-me sentar mal comigo próprio. Ela não era como as outras e isso já estava estabelecido desde o primeiro dia em que tínhamos estado juntos.
Ri-me todo maroto com o seu murmurio e fechei os olhos , aproveitando os seus lábios que estavam pelo meu pescoço. Suspirei baixinho, encostando o meu corpo ao dela e fi-la entrar dentro da banheira, encostando-a contra a porta da vedação da mesma, para não estar contra os azulejos. Agarrei-lhe na bochecha com uma mão procurando pelos seus lábios e com a livre peguei-lhe numa perna, baixando-me ligeiramente para que ela saltasse para o meu colo.
avatar
Jack Castelo

Mensagens : 300
Data de inscrição : 01/02/2014

+ Info
Idade: 19
Estado Civíl: Casado
Cara-Metade: Finn Castelo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto do Jack

Mensagem por Rebeca Brandão em 19.10.14 18:42

Para dizer a verdade, estava bastante ideia com esta sugestão de Jack, para além de ser uma sugestão bastante apelativa, eu estava mesmo a precisar de um banho. Por isso mesmo, atrevia-me a dizer que estávamos apenas a juntar o útil ao agradável. Afinal de contas, se um banho já era relaxante e bom só por si, o que dizer de um banho com Jack? Exacto. Agarrei-me ao seu corpo enquanto o sentia encaminhar-me para dentro da banheira, tendo cuidado para não cair, e os meus olhos fecharam-se de imediato, assim que sentia a água entrar em contacto com o meu corpo. Mantive-me encostada a ele, sentindo a água quente deslizar pelos nossos corpos mas nem isso me conseguia distrair. Naquele momento, e acho que sempre que estava com ele, a única coisa na qual conseguia pensar era em nós, e neste caso, no que estávamos a fazer e no quanto eu o desejava. Para ser sincera, já tinha perdido a conta de quantas vezes já tinha dito isto. Encostei a minha cara mais à sua mão, ao mesmo tempo que aproximava as nossas caras para poder corresponder ao seu beijo e assim que me preparava para deslizar as mãos pelo seu corpo, tive de me agarrar ao seu pescoço, para poder saltar para o seu colo. Apertei as minhas pernas em volta da sua cintura assim que o fiz, sem nunca descolar os nossos lábios e subi uma das mãos até ao seu cabelo, descolando o mesmo da sua testa, não conseguindo evitar sorrir contra os seus lábios. Era impossível vir a arrepender-me do que estava a acontecer, aliás, acho que nunca tinha estado tão certa de algo em toda a minha vida.
avatar
Rebeca Brandão

Mensagens : 144
Data de inscrição : 09/05/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto do Jack

Mensagem por Jack Castelo em 25.10.14 18:09

Era bom que ela, quando me visse amanhã, não fingisse que não me conhecia. As miúdas eram parvas e apesar de tudo não a conhecia assim tão bem. Acho que se ela agisse dessa maneira teria a minha primeira desilusão, relacionada com raparigas. Podemos não ser namorados, nem nada do género, mas se ela tivesse a bela ideia de ir contar a toda a gente ou passar a ignorar-me, quem ia ficar arrependido disto tudo era eu. No entanto, confiei no meu instinto de super-macho e agarrei-lhe bem no corpo, tendo o cuidado de não a deixar escorregar para que ficássemos os dois confortáveis e eu não ficar a arcar com o peso todo.
Afastei os meus lábios dos dela, roçando-os pelo seu maxilar e brincando com o seu pescoço enquanto procurava por oxigénio. Se estivéssemos num filme, era a minha deixa de perguntar se ela se ia arrepender ou fazer arrepender-me, mas como não estávamos num filme e eu já não aguentava muito mais tempo tão perto dela e sem fazer nada, decidi partir logo para a ação e entrar dentro dela.
avatar
Jack Castelo

Mensagens : 300
Data de inscrição : 01/02/2014

+ Info
Idade: 19
Estado Civíl: Casado
Cara-Metade: Finn Castelo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto do Jack

Mensagem por Rebeca Brandão em 26.10.14 0:05

Apesar de tudo, e apesar de naquele momento eu sentir que Jack queria estar comigo, parte de mim não conseguia deixar de ter medo que ele se viesse a arrepender. Tudo era possível e quem é que me garantia que no dia seguinte ele não ia acordar, lembrar-se de tudo o que tinha acontecido e perceber que tinha sido cedo demais? Ninguém me podia garantir que isso não fosse acontecer. Porém, ele já me tinha garantido que não ia, e eu tinha de acreditar nele, certo? Certo. Coloquei imediatamente de lado aqueles pensamentos, para não estragar o momento, e rapidamente eles se dissiparam, mal senti os lábios de Jack descolarem-se dos meus para se irem colar ao meu pescoço. Fechei os olhos de imediato, apertando mais as minhas pernas em redor da sua cintura e foi no preciso momento em que o fiz que o senti entrar em mim, finalmente. Senti os meus lábios entreabrirem-se, deixando escapar um gemido, bem como o meu corpo estremecer, devido a todo o prazer que estava a sentir.
avatar
Rebeca Brandão

Mensagens : 144
Data de inscrição : 09/05/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto do Jack

Mensagem por Jack Castelo em 26.10.14 11:18

Outra coisa que era vantajosa em estar ali, era que não precisava de me preocupar com o barulho, as paredes não eram finas e o som da água a cair abafava qualquer gemido. Era por pensar sempre em tudo (ou não) que eu era o mais discreto dos dois.
Pressionei o seu corpo contra o vidro e procurei pelos seus lábios que agora estavam ao meu nível, beijando-os sem me conter um bocadinho enquanto me começava a movimentar. Suspirei prazerosamente, deslizando as minhas mãos até ao seu rabo e mordisquei-lhe o lábio inferior apertando o seu corpo contra o meu, sorrindo maroto quando tive que afastar as nossas caras para conseguirmos os dois respirar.
avatar
Jack Castelo

Mensagens : 300
Data de inscrição : 01/02/2014

+ Info
Idade: 19
Estado Civíl: Casado
Cara-Metade: Finn Castelo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto do Jack

Mensagem por Rebeca Brandão em 26.10.14 18:30

Agradeci mentalmente assim que Jack me beijou, visto que aquela parecia ser a única forma de calar os meus gemidos e agarrei-me bem ao seu pescoço, tentando não escorregar à medida que ele se movimentava. Deixei que uma das mãos deslizasse pelo seu peito, raspando as unhas pela zona do seu maxilar e assim que os nossos lábios se separaram, o meu olhar foi de encontro ao seu, acabando por me fazer soltar uma leve e rouca gargalhada, face ao seu sorriso.
- Admite, este é o melhor dia da tua vida Castelo.- murmurei, com a voz igualmente rouca, mas assim que apertei mais as minhas pernas à sua volta e o senti entrar ainda mais dentro de mim, tive de me calar para deixar escapar um gemido. Apertei o seu cabelo na minha outra mão, colando o meu corpo ainda mais ao seu e desci os meus lábios até ao seu pescoço, espalhando beijos pelo mesmo, em direcção à sua orelha.
avatar
Rebeca Brandão

Mensagens : 144
Data de inscrição : 09/05/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto do Jack

Mensagem por Jack Castelo em 26.10.14 19:19

Não consegui evitar uma leve gargalhada quando ouvi o mesmo de Rebecca e nem lhe consegui responder de imediato quando as suas pernas se apertaram à volta da minha cintura. Fechei os olhos, agarrando-lhe pela cintura, com um suspiro prazeroso, os seus lábios perto daquela zona deixavam-me sem conseguir raciocinar, e até as minhas pernas chegavam a fraquejar. Tive que aproximar os meus lábios dos seus, sem a beijar. - Está perto disso - murmurei com a voz arrastada e também não muito audível, roçando-os e aumentando um pouco a velocidade das minhas investidas.
avatar
Jack Castelo

Mensagens : 300
Data de inscrição : 01/02/2014

+ Info
Idade: 19
Estado Civíl: Casado
Cara-Metade: Finn Castelo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto do Jack

Mensagem por Rebeca Brandão em 26.10.14 22:21

Assim que senti o corpo de Jack reagir aos meus lábios, não consegui conter um sorriso contra a sua orelha. Apanhei o lóbulo da mesma com os dentes, mordiscando-a e cheguei mesmo a gemer baixinho contra a mesma, antes de o sentir procurar pelos meus lábios. Voltei a descê-los até ao seu maxilar, depositando um beijo sobre o mesmo e só depois é que voltei a subir até aos seus lábios, ao mesmo tempo que o sentia intensificar os movimentos. Sorri ao ouvir o que me respondeu, mas mesmo que lhe quisesse responder, já não tinha voz para isso. Limitei-me a suspirar de forma prazerosa, espetando as minhas unhas nos seus ombros e pendi a cabeça contra a parede, movimentando o meu corpo contra o seu.
avatar
Rebeca Brandão

Mensagens : 144
Data de inscrição : 09/05/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto do Jack

Mensagem por Jack Castelo em 26.10.14 23:41

Senti a pressão nos meus ombros e percebi logo que era as suas unhas, normalmente resmungava, mas agora estava tão entretido com os meus movimentos e com os meus lábios que passavam pelo comprimento do seu pescoço que mal reparei que ela o fazia. Só esperava, bem lá no meu inconsciente, que era a única coisa que trabalhava agora, que não se notasse mais tarde porque, se aparecesse em alguma notícia, não ia ser eu aquele que ia ser mais falado, era mesmo ela. Agarrei com força na sua cintura com um suspiro prazeroso e encostei os lábios ao seu pescoço sentindo-me perto do meu auge.
avatar
Jack Castelo

Mensagens : 300
Data de inscrição : 01/02/2014

+ Info
Idade: 19
Estado Civíl: Casado
Cara-Metade: Finn Castelo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quarto do Jack

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 3 de 5 Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum