Últimos assuntos
» Quarto da Beca
31.01.15 20:42 por Rebeca Brandão

» Quarto da Flora
31.01.15 20:30 por Finn Castelo

» Quarto do Jack
29.01.15 22:52 por Rebeca Brandão

» Sala de estar
12.10.14 22:12 por Finn Castelo

» Sala de estar
15.09.14 15:43 por Jack Castelo

» Quarto do Finn
09.09.14 12:18 por Finn Castelo

» Sala de Jantar
16.08.14 17:34 por Rodrigo Rocha

» Sala de Estar
11.08.14 21:51 por Aimee Mota

» Quarto do Rodrigo
04.08.14 13:18 por Aimee Mota

Parceiros
     
Para fazeres parceria basta mandares mp a uma das Admin's com uma imagem ilustrativa ao teu fórum. 

Sala de estar

Página 2 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Sala de estar

Mensagem por Rebeca Brandão em 23.05.14 22:51

Relembrando a primeira mensagem :

.
avatar
Rebeca Brandão

Mensagens : 144
Data de inscrição : 09/05/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo


Re: Sala de estar

Mensagem por Rebeca Brandão em 17.06.14 21:32

- Por acaso, tens mesmo de cara de ser o tipo de filho que só dá problemas.- disse para gozar com ele.- e como tu e o teu irmão são gémeos, aposto que são problemas a dobrar.- gargalhei, acabando por colocar a sua sandes num prato e estiquei-lha, juntamente com um guardanapo. Ri-me ao ver o seu sorriso depois de ter tirado uma mação e apenas encolhi os ombros, para que percebesse que não fazia mal.- o meu charme é um sem fim de qualidades.- pisquei-lhe o olho.- mas sim, ser irresistível é, sem dúvida, uma delas.- mostrei um sorriso convencido, tentando fazer um tão bonito quanto o seu, mas algo me dizia que tinha sido uma tentativa falhada.- tens toda a razão, gelado e praia parecem ser uma combinação irresistível.- concordei.- tal como eu.- ri-me, acabando por ficar ligeiramente mais séria assim que disse que não queria o sumo.- estás a recusar o meu maravilhoso sumo de laranja? - fingi-me de ofendida.- vou ter de repensar seriamente no teu convite Jack.
avatar
Rebeca Brandão

Mensagens : 144
Data de inscrição : 09/05/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de estar

Mensagem por Jack Castelo em 17.06.14 21:55

-Não sou nada, a minha mãe adora-me, sou o tipo de filho exemplar - ou mesmo nada exemplar. Ri-me ao relembrar-me do que a minha mãe tinha dito com aquela revista na mão assim que nós chegámos a casa. - Nós somos o tipo de gémeos que só não nos vestimos de igual porque é demasiado piroso, por isso - fiz uma careta encolhendo os ombros, ela até que tinha razão. - És convencida de natureza ou é algo que aprendeste comigo só com esta noite? - perguntei com um sorriso algo maroto, acabando de comer a minha maçã. - Claro que é, eu tenho as melhores ideias. - sorri e olhei para o sumo de laranja assentindo lentamente com a cabeça, não me querendo prolongar muito mais sobre o assunto - não faz parte da minha dieta.
avatar
Jack Castelo

Mensagens : 300
Data de inscrição : 01/02/2014

+ Info
Idade: 19
Estado Civíl: Casado
Cara-Metade: Finn Castelo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de estar

Mensagem por Rebeca Brandão em 17.06.14 22:18

- Claro que és Jack, não duvido nem um bocadinho do que acabaste de dizer.- disse num tom muito sério, tal como a minha expressão, mas totalmente a gozar com ele. Ri-me com o que disse sobre o seu irmão e o facto de não se vestirem igual por ser piroso e acabei por me sentar no banco em frente ao dele, sendo a minha vez de pegar numa maçã.- se calhar devias começar a vestir-te igual a ele.- voltei a gozá-lo.- não sei, não estou a querer dizer nada.- sorri marota.- é apenas uma sugestão.- gargalhei, ficando logo com uma expressão mais inocente, para que não se chateasse, e ao perceber que não queria mesmo o sumo, acabei por ficar eu com ele, dando logo um golo.- não percebo para que é que fazes dieta, és feio e nada irresistível de qualquer das formas.- pisquei-lhe o olho, dando uma trinca na maçã. Eu esperava realmente que ele não me levasse a sério, mas eu gostava de me meter com ele, era giro.
avatar
Rebeca Brandão

Mensagens : 144
Data de inscrição : 09/05/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de estar

Mensagem por Jack Castelo em 17.06.14 22:25

Mostrei-lhe um sorriso de orelha a orelha quando ela começou a gozar comigo por, como era óbvio, não acreditar em mim. Fui levar a minha maçã ao lixo, visto que já tinha reparado onde é que ele era e abri a boca, com o que ela disse, fingindo-me indignado - Estás a querer dizer que ele se veste igual a mim? - perguntei semicerrando-lhe os olhos como se a estivesse a fulminar com o olhar - lá porque ele se veste todo amaricado com as camisas eu não tenho que.... que... que! - é claro que estava a brincar. O meu irmão não era nenhum amaricado! Sorri-lhe quando ela fez o mesmo mas logo revirei-lhe os olhos - eu sou irresistível, podes admitir Becca, eu não me chateio - acabei por diminuir-lhe o nome visto que dava muito trabalho dizer tudo em português. Os Rs são uma treta.
avatar
Jack Castelo

Mensagens : 300
Data de inscrição : 01/02/2014

+ Info
Idade: 19
Estado Civíl: Casado
Cara-Metade: Finn Castelo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de estar

Mensagem por Rebeca Brandão em 17.06.14 22:51

Como seria de esperar, ele não deixou escapar o meu comentário, começando logo a dizer, todo ofendido, que o seu irmão se vestia de forma amaricada e que era por isso que não se vestia como ele.
- A tua sorte foi que deixei o gravador lá em cima.- apontei-lhe um dedo.- caso contrário, ia mostrar ao teu irmão o que andas a insinuar sobre ele.- dei mais um gole no meu sumo, comendo mais um pouco da mação, até esta ficar a metade, e não consegui não sorrir com o que ele disse depois, ouvindo-o tratar-me pelo meu diminutivo.- estaria a mentir se o fizesse.- encolhi os ombros, com um sorrisinho.- mas devo admitir que ficas ligeiramente mais agradável ao tratares-me por Becca, fica sexy com esse teu sotaque.
avatar
Rebeca Brandão

Mensagens : 144
Data de inscrição : 09/05/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de estar

Mensagem por Jack Castelo em 17.06.14 22:57

-Ele sabe que eu o amo - disse com o mesmo sorriso de sempre. Se ele me tivesse ouvido matava-me. Mas eu estava só a brincar!!! De qualquer das maneiras, ele não ia saber, a não ser que me lê-se os pensamentos, coisa que... não, não acontecia com gémeos. Revirei-lhe os olhos começando a comida a sandes que ela me tinha feito - Oh, tu gostas do meu sotaque - disse com um sorriso todo convencido. - já que gostas passa a ser o teu nome. Becca. Ninguém o consegue pronunciar tão bem como eu. - disse todo convencido. - Admite lá isto e eu posso ir embora em paz!
avatar
Jack Castelo

Mensagens : 300
Data de inscrição : 01/02/2014

+ Info
Idade: 19
Estado Civíl: Casado
Cara-Metade: Finn Castelo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de estar

Mensagem por Rebeca Brandão em 17.06.14 23:27

- Isso é capaz de ter sido a coisa mais amorosa que já disseste desde que aqui estás.- brinquei com ele, depois de Jack ter dito que o seu irmão sabia que ele o amava. Era giro saber que eles tinham uma relação tão forte e bonita e não achava nada piroso nem amaricado que eles dissessem que se amavam, muito pelo contrário. Atirei o caroço da maçã para o caixote do lixo, visto que estava perto do mesmo e voltei depois a olhar para Jack, rindo-me quando ficou todo convencido.- não.- abanei a cabeça.- eu gosto de como o meu nome soa com o teu sotaque.- corrigi, só para o irritar porque sim, o seu sotaque era algo de muito sexy. Recostei-me no banco, passando ambas as mãos pelo cabelo e levantei ambas as sobrancelhas com as coisas convencidas que ele dizia.- és convencido de natureza ou é algo que aprendeste comigo só com esta noite? - repeti a pergunta que me tinha feito, semicerrando-lhe os olhos e fiquei logo mais séria com o que disse depois.- se é para ires embora, não vou admitir isso.- cruzei os braços ao peito, tentando mostrar-me decidida.
avatar
Rebeca Brandão

Mensagens : 144
Data de inscrição : 09/05/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de estar

Mensagem por Jack Castelo em 17.06.14 23:33

-Eu digo coisas muito bonitas - disse rindo-me dela ter gostado de ouvir o que eu tinha dito. Não era de hoje que eu expressava os meus sentimentos pelo meu irmão. Aliás, por toda a minha família. Para mim a minha família era tudo e se tivesse que escolher entre qualquer pessoa e a minha família, nem que eles tivessem feito algo horrível, eu ia sempre escolher a minha família. - Eu nem tenho assim tanto ac.. sotaque, só nas palavras mais difíceis e dizer o teu nome é bastante complicado - brinquei rindo-me de seguida com a sua pergunta - acho que foi contigo, és muito boa professora. Ensinaste-me a dormir. - gozei e fiz logo um sorriso inocente e adorável - não queres que eu vá embora, é? - perguntei.
avatar
Jack Castelo

Mensagens : 300
Data de inscrição : 01/02/2014

+ Info
Idade: 19
Estado Civíl: Casado
Cara-Metade: Finn Castelo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de estar

Mensagem por Rebeca Brandão em 18.06.14 19:18

Atirei-lhe o meu guardanapo à cara, quando falou todo convencido, mais uma vez, e como o sumo era a única coisa que me faltava para ter tudo comido, tratei de o beber, para depois pousar o copo sobre a mesa e olhar Jack.
- Eu acho que até os portugueses se cansam quando os nomes são demasiado compridos.- gargalhei, depois de o ouvir gozar e dizer que o meu nome era complicado de dizer.- de qualquer das formas, trata-me por Beca, eu gosto.- assenti, sorrindo ao de leve e passei as mãos pelo cabelo, acabando por apanhá-lo num rabo de cavalo meio desajeitado. Foi a minha vez de mostrar um sorriso convencido, quando ele disse que eu era uma boa professora, mas nem tive tempo de lhe responder, face ao que ele disse depois. Revirei os olhos. Já devia saber que ele ficar a achar-se todo importante, mas a verdade era que estava mesmo a gostar da sua companhia.- claro que quero que vás embora.- respondi, semicerrando-lhe os olhos.- não achas que uma noite inteira não foi o suficiente para te aturar? - olhei, metendo-lhe a língua de forma, mas acabei mesmo por me rir, abanando a cabeça.
avatar
Rebeca Brandão

Mensagens : 144
Data de inscrição : 09/05/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de estar

Mensagem por Jack Castelo em 18.06.14 21:24

-O teu é bonito - acabei por dizer - mas é complicado - encolhi os ombros brincando com o guardanapo que tinha por baixo do pão. -Eu sei, adoras quando ouves o meu sotaque Becca. - ri-me passando uma mão pelo cabelo que devia estar todo caído tipo pintainho. - Estás a dizer isso da boca para fora, nota-se - gozei piscando-lhe o olho e quando acabei de comer fui mandar o guardanapo fora, indo ter com ela - mas antes de ir, quero agradecer a hospedagem, foi boa, o sofá é confortável, talvez volte a agarrar-te quando me voltarem a perseguir. - brinquei.
avatar
Jack Castelo

Mensagens : 300
Data de inscrição : 01/02/2014

+ Info
Idade: 19
Estado Civíl: Casado
Cara-Metade: Finn Castelo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de estar

Mensagem por Rebeca Brandão em 18.06.14 22:09

- Claro que é bonito, já olhaste bem para mim? - perguntei, na brincadeira, apontando com ambas as mãos para a minha cara e para o meu corpo. Eu não costumava ser assim tão brincalhona, pelo menos com pessoas que eu mal conhecia, mas com ele era diferente, ele dava-me hipóteses e respostas para tal.- tenho de admitir Castelo, tem toda uma outra sonoridade.- fiquei muito séria enquanto falava, olhando sempre para ele, enquanto tentava não me rir e perder a compostura. Acabei por me levantar, visto que já estava farta de estar sentada, e comecei a arrumar a nossa loiça, olhando para o lado assim que senti a presença de Jack junto de mim.- cala-te seu convencido.- resmunguei com um sorriso, dando-lhe um leve encontrão e virei-me depois de frente para ele, quando me começou a agradecer por o ter ajudado.- não tens de agradecer.- encolhi os ombros.- eu gostei da companhia.- assenti, rindo-me com o que ele disse depois.- mal posso esperar para que te persigam, acho que até vou meter uma cunha e tudo.- gozei.- anseio impacientemente por mais uma noite de sono toda torta e praticamente em cima de ti.- pisquei-lhe o olho.
avatar
Rebeca Brandão

Mensagens : 144
Data de inscrição : 09/05/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de estar

Mensagem por Jack Castelo em 18.06.14 22:47

-Pois tem! É como se eu fosse o príncipe do meu grande castelo - sorri maroto e acabei mesmo por me rir. Ela não me parecia uma daquelas raparigas de pegar e largar, as habituais com quem me dava - apesar do meu irmão ser pior no tipo de raparigas (óbvio)- era por isso que não me estava a fazer a ela em vez de brincar. Ela parecia mais daquelas raparigas das quais era bom ser-se amigo. Dei dois passos para trás quando senti o seu encontrão, apesar de só estar a fingir que ela me tinha magoado. Fiquei mais sério quando a conversa também se tornou mais séria e sorri-lhe - oh diz lá que não gostaste de dormir quase em cima de mim! Infelizmente não tiveste a sorte de dormir como outras pessoas, mas pronto, isso a culpa já não é minha - pronto, agora estava a atirar-me um bocadinho. Lancei as mãos ao ar, rindo-me e dei-lhe um beijo na bochecha - não, mas obrigado mesmo. O nosso gelado fica para amanhã?
avatar
Jack Castelo

Mensagens : 300
Data de inscrição : 01/02/2014

+ Info
Idade: 19
Estado Civíl: Casado
Cara-Metade: Finn Castelo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de estar

Mensagem por Rebeca Brandão em 18.06.14 23:46

Era impossível não me rir com as coisas que dizia e os sorrisos que fazia, ele era realmente engraçado, não podia negar. Estava contente por o ter conhecido, pelo menos tinha tido a oportunidade de fazer um amigo, visto que os meus dias eram sempre demasiado ocupados para isso. Passei o prato dele por água, pousando-o depois no secador da loiça e voltei a desviar a minha atenção para Jack quando percebi que se estava a meter comigo. Levantei ligeiramente as sobrancelhas, enquanto pensava numa resposta à altura e, assim que a arranjei, acabei por imitar o seu sorriso.
- Na verdade, a culpa foi tua Jack.- encolhi os ombros.- tu é que te deitaste logo no sofá.- pisquei-lhe o olho, como que a dar a entender que se podia ter deitado na minha cama. Eu estava a brincar, como era óbvio, mas também gostava de me meter com ele. Sorri, assim que senti o seu beijinho na minha bochecha e estiquei-me para lhe dar um de volta, assentindo depois à sua pergunta.- fica Castelo, mas só se parares de me agradecer.- dei-lhe outro empurrão, sorrindo inocente logo de seguida.
avatar
Rebeca Brandão

Mensagens : 144
Data de inscrição : 09/05/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de estar

Mensagem por Jack Castelo em 18.06.14 23:53

Não estava nada à espera quando ela me respondeu, da mesma forma brincalhona e metediça que eu. - Se querias tinhas que dar mais a entender, não é? - perguntei com o meu típico sorriso e comecei a afastar-me porque era mesmo melhor ir embora. Já ontem não tinha dormido em casa e os meus pais começavam a dar-me a sério na cabeça, para não falar de Finn, se é que ele tinha dormido em casa. Nem sabia. - Está bem, está bem, eu paro! Encontro-te na praia, em qualquer sítio - encolhi os ombros - hei-de encontrar-te. - sorri começando a sair de sua casa.
avatar
Jack Castelo

Mensagens : 300
Data de inscrição : 01/02/2014

+ Info
Idade: 19
Estado Civíl: Casado
Cara-Metade: Finn Castelo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de estar

Mensagem por Rebeca Brandão em 19.06.14 22:49

Assim que Jack voltou a dar a entender que a culpa era minha, visto que não tinha dado a entender, algo me surgiu na mente. Agarrei num bloco de notas que tinha para ali, arrancando uma folha, e peguei também numa caneta, escrevendo o meu número enquanto o ouvia falar, apesar de não estar a prestar grande atenção. Levantei a cabeça, quando ouvi a porta de casa abrir-se, e só aí é que percebi que Jack se estava a ir embora.
- Ei! - gritei, para que não fosse, e corri até ao seu encontro, já fora de casa. Sorri, à medida que me aproximava e assim que cheguei ao pé dele, estiquei-me até lhe beijar a bochecha, ao mesmo tempo que lhe dava o papel, pressionando-o contra o seu peito.- achas que agora já te estou a dar a entender o suficiente? - falei, subindo a minha boca até mais perto do seu ouvido.- até amanhã Castelo.- murmurei, dando-lhe uma leve palmadinha no peito, para depois virar costas e voltar para casa.
avatar
Rebeca Brandão

Mensagens : 144
Data de inscrição : 09/05/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de estar

Mensagem por Jack Castelo em 19.06.14 23:23

Olhei para trás quando a ouvi chamar-me e ainda pensei que me tinha esquecido de alguma coisa mas não, ela apenas correu até mim para me beijar a bochecha e me dar um papel. Olhei-a visivelmente nada à espera e passei uma mão pelo cabelo enquanto agarrava no papel. Quando o observei ri-me ao ver o que era e ao ouvi-la tão perto do meu ouvido. Não lhe respondi, apenas lhe mostrei um sorriso maroto que deixava algo a desejar - até amanhã, Becca -fiquei a olha-la até ela voltar para trás e ri-me de mim próprio voltando a olhar para o papel. Parece que a correria com os paparazzi tinha dado lucro. Meti o papel no bolso das calças, onde sabia que não perdia e comecei a andar até a casa, preparando-me para receber um sermão da minha mãe por não ter avisado e por ter deixado a minha medicação toda em casa.
avatar
Jack Castelo

Mensagens : 300
Data de inscrição : 01/02/2014

+ Info
Idade: 19
Estado Civíl: Casado
Cara-Metade: Finn Castelo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de estar

Mensagem por Jack Castelo em 25.07.14 19:15

Sorri e, desta vez, mas só desta vez, não disse nada contra ela estar a dizer que era melhor e mais interessante que as outras, porque, para além de ser verdade, não queria que ela ficasse amuada. Queria beija-la assim que chegasse a sua casa e queria que ela quisesse tanto como eu. Desviei o olhar dela enquanto entrava e ri-me quando me desafiou a ser melhor daquilo que aquilo que eu já era - eu consigo - assenti - dá-me o prazo destes dois encontro que temos - pedi - e eu mostro-te que sou ainda melhor do que pensas. - garanti. Parei quando já estávamos na sala e olhei os seus olhos sorrindo de seguida aproximando-me devagarinho dos seus lábios, para a provocar,  apesar de me estar a torturar tanto a ela quanto a mim. - e tu queres mesmo beijar-me? - perguntei roçando os meus lábios sem a beijar.
avatar
Jack Castelo

Mensagens : 300
Data de inscrição : 01/02/2014

+ Info
Idade: 19
Estado Civíl: Casado
Cara-Metade: Finn Castelo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de estar

Mensagem por Rebeca Brandão em 25.07.14 19:49

Não valia a pena meter-me com coisas e tentar contrariar o que estava a acontecer. Eu estava a interessar-me por ele. Em apenas dois dias, eu estava interessada nele, ou pelo menos sentia uma grande atracção, que ia praticamente dar ao mesmo. Olhei-o por cima do ombro, assim que ele pareceu aceitar o meu desafio e acabei mesmo por sorrir face às suas palavras. Se eu tinha dúvidas quanto a isto que estava a acontecer entre nós, eu era obrigada a ficar sem elas depois disso. Ele não se ia dar ao trabalho de fazer tudo aquilo se também não estivesse minimamente interessado em mim, não era? Não faria sentido se assim fosse.
- Combinado.- murmurei ainda a sorrir.- tens estes dois encontros para me me surpreender Castelo.- e assim que acabei de falar, já ele se estava a aproximar, aproximando também os seus lábios de forma muito perigosa dos meus. Deixei o olhar descair até à sua boa durante breves instantes, engolindo em seco assim que os roçou nos meus, e antes que caísse na tentação de o beijar, que era o que me apetecia fazer, mesmo muito, voltei a fixar os meus olhos nos seus, que estavam igualmente perto.- não estarias aqui se eu não quisesse mesmo muito beijar-te.- respondi à sua pergunta, levando as minhas mãos até ao seu cabelo e mal os meus dedos se embrenharam no mesmo, eu não aguentei mais aquela distância, ainda que pequena, e acabei por ser eu mesma a beijá-lo.
avatar
Rebeca Brandão

Mensagens : 144
Data de inscrição : 09/05/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de estar

Mensagem por Jack Castelo em 25.07.14 22:57

Ainda não sabia o que é que haveria de fazer em dois encontros para a surpreender, mas tinha que ser algo vindo de mim, não podia ser apenas uma coisa bonita e que ela fosse gostar, porque assim não estaria a ser sincero. Tudo o que eu conseguia pensar agora era piroso, talvez até demasiado piroso para a etapa da "relação" que estávamos agora. Afinal, nós só nos conhecíamos há dois dias. Está bem que havia relações sérias por menos, mas eu era um rapaz que não se apaixonava rápido, não queria estar já a dizer que a amava e que podíamos namorar se não era isso que sentia. Eu estava, no mínimo, atraído em todos os aspectos por ela, não era só no físico, porque sim, ela era linda, mas para além de ser linda, tinha cérebro e era divertida. Deixei que os meus pensamentos se dissolvessem quando encurtou o espaço que havia entre nós e me beijou. Sorri agarrando-a pela cintura e beijei-a de volta fazendo com que andasse até se sentar no sofá comigo. - Só me trouxeste aqui para me beijar? - perguntei e deixei que ela pensasse uns segundos no assunto - porque eu pensava mesmo que íamos comer - continuei com um sorriso. Era óbvio que se estava determinado a que ela fosse diferente que não ia ser tudo à base de sexo.
avatar
Jack Castelo

Mensagens : 300
Data de inscrição : 01/02/2014

+ Info
Idade: 19
Estado Civíl: Casado
Cara-Metade: Finn Castelo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de estar

Mensagem por Rebeca Brandão em 26.07.14 0:32

Assim que o senti agarrar-me pela cintura, apertei ligeiramente os meus dedos no seu cabelo, tentando aprofundar o beijo, mas não demasiado. Eu não queria que ele pensasse que era apenas para isso que o tinha convidado para jantar comigo. Eu não queria apenas os beijos dele, por muito bons que fossem, eu também apreciava a sua companhia, mais do que qualquer outra coisa. Desde que a minha mãe tinha ficado doente que eu me sentia mais sozinho do que o que era costuma, e atrevia-me a dizer que Jack era a primeira pessoa com a quem eu conseguia ter uma conversa que me fizesse esquecer dos problemas. Separei os meus lábios dos seus, depois de me ter feito sentar no sofá ao seu lado e juntei ligeiramente as minhas sobrancelhas ao perceber que, muito provavelmente, ele estava a interpretar tudo o que eu estava a fazer de forma errada.
- Claro que não.- respondi, ainda que ele não me tivesse dado tempo para isso. Endireitei-me, passando as mãos pelo cabelo e olhei-o, com uma expressão séria, para que me levasse a sério.- por muito que eu goste dos teus beijos.- sorri.- eu não quero que isso seja tudo o que fazemos.- neguei com a cabeça, levantando-me.- por isso, anda, vais ajudar-me a preparar o jantar ou ainda pensas que sou alguma espécie de ninfomaníaca.
avatar
Rebeca Brandão

Mensagens : 144
Data de inscrição : 09/05/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de estar

Mensagem por Jack Castelo em 26.07.14 1:32

Levantei as sobrancelhas quando me pareceu que ela me levou a sério e juntei-as abanando a cabeça rapidamente - não - interrompi-a puxando-a para que se sentasse de novo, desta vez no meu colo - estava só a brincar, eu sei que não me queres só para isso e foi por isso que ainda não fiz nada - abanei a cabeça e toquei-lhe no queixo, fazendo com que me olhasse e mantive-me sério para que ela me levasse da mesma maneira. Eu queria mesmo que ela acreditasse em mim apesar de toda a minha reputação. - É por isso que ainda estou contigo, és diferente e não queres só aparecer nem ir para a cama comigo - encolhi os ombros largando o seu queixo para deixar cair as minhas mãos na sua cintura, dando-lhe festinhas na parte debaixo das costas - quer acredites quer não, há muito tempo que não estava com uma rapariga dois dias seguidos sem fazer nada. - o que me estava a custar um bocado, mas era por uma boa causa. Sorri esticando o pescoço para a beijar - agora podemos ir jantar, ninfo. - agarrei apenas por segundos o meu telemóvel para mandar uma mensagem ao meu irmão a dizer que ia jantar com ela, desejando-lhe boa sorte com a Flora.
avatar
Jack Castelo

Mensagens : 300
Data de inscrição : 01/02/2014

+ Info
Idade: 19
Estado Civíl: Casado
Cara-Metade: Finn Castelo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de estar

Mensagem por Rebeca Brandão em 26.07.14 20:42

Estava apenas à espera que Jack também se levantasse, para começarmos a fazer o jantar, quando o senti puxar-me de novo para me sentar, mas desta vez no seu colo. Juntei ligeiramente as sobrancelhas, não percebendo muito bem o porquê de o ter feito, mas mantive-me em silêncio enquanto o ouvia falar, sorrindo assim que as suas palavras começaram a fazer sentido na minha cabeça. Era bom saber que ele sabia que eu era diferente daquilo a que ele estava habituado, e era bom saber que ele gostava disso.
- Olha que se eu fosse a ti não tinha tantas certezas disso.- gozei, assim que o ouvi dizer que sabia que eu não estava com ele para aparecer nas revistas e ter o meu minuto de fama.- quem te diz a ti que eu não tenho câmaras escondidas pela casa? - perguntei, ainda com uma expressão gozona, ao mesmo tempo que lhe rodeava o pescoço com ambos os braços. Era óbvio que eu já tinha sentido vontade de fazer mais coisas com ele, coisas que não envolviam apenas beijos, mas..eu era diferente, certo? Além disso, por muito que ele fosse tentador, eu não queria precipitar-me e fazer alguma coisa da qual me pudesse vir a arrepender depois. Por isso, era melhor mesmo ir com calma. Voltei a focar a minha atenção nele, acariciando o seu cabelo com as pontinhas dos meus dedos e levantei ligeiramente as sobrancelhas mal o ouvi dizer-me que já não estava há muito tempo com uma rapariga dois dias seguidos sem fazer nada.- então acho que é melhor eu nem te dizer há quanto tempo não estou com um rapaz.- gargalhei, apesar de perceber ao que ele se referia.- mas pronto, tenho de admitir que me sinto orgulhosa de ti Castelo, estás num bom caminho.- brinquei, apesar de ser verdade o que tinha acabado de dizer e deslizei depois os meus dedos pelo seu maxilar, enquanto correspondia ao seu beijo. Sorri-lhe, deslizando os dedos pelo seu cabelo e levantei-me por fim, semicerrando-lhe os olhos antes de começar a andar para a cozinha.- não sou eu que não aguento dois dias sem estar com uma rapariga.- provoquei assim que me chamou de ninfo, começando a andar para a minha frente.- pára de olhar para o meu rabo e segue-me Jackson.
avatar
Rebeca Brandão

Mensagens : 144
Data de inscrição : 09/05/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de estar

Mensagem por Jack Castelo em 26.07.14 22:12

Levantei ambas as sobrancelhas com a sua resposta e sorri face ao seu tom gozão, rindo-me quando deu a entender que tinha câmaras escondidas pela casa - porque não era provável que tu encontrares-me hoje, eu nem era para ir à praia se não tivesse trancado o Finn no quarto e destruído o quarto dele com Nutella - comentei com um sorriso e logo abanei a cabeça - longa história, fica para outro dia - gozei rindo. Eu só esperava que os nossos quartos estivessem limpos, aquela Maria não podia falar! Passei uma mão por um dos braços que tinha à volta do meu pescoço e dei-lhe um beijinho. Passei os dedos pela sua roupa, antes que me desse na cabeça de lhe fazer algo se lhe tocasse no corpo mais alguma vez. Sorri levantando o olhar na sua direção - e eu a pensar que nunca tinhas estado com ninguém - gozei-a. - Estás a dizer algo que a minha mãe também diria - levantei as sobrancelhas - ela ia gostar de ti - comentei mas decidi não alongar muito essa parte da conversa antes que tanto eu como ela começassemos com ideias que apressassem a coisa. Depois dela se levantei fiz o mesmo e olhei para o seu rabo com um sorrizinho arregalando os olhos com o que ela me mandou - eu não estava a olhar para o teu rabo - disse com um encolher de ombros indo à sua frente.
avatar
Jack Castelo

Mensagens : 300
Data de inscrição : 01/02/2014

+ Info
Idade: 19
Estado Civíl: Casado
Cara-Metade: Finn Castelo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de estar

Mensagem por Rebeca Brandão em 26.07.14 22:31

Semicerrei-lhe os olhos assim que começou a tentar descredibilizar o que eu tinha dito, dizendo que era pouco provável que eu soubesse que ele iria estar na praia, e só não lhe respondi de imediato porque ele me contou o que tinha feito ao seu irmão, fazendo-me arregalar ligeiramente os olhos.
- Vocês são terríveis.- gargalhei enquanto abanava a cabeça e decidi não pedir que me contasse, visto que ele deu a entender que era melhor não o fazer.- mas agora, voltando à nossa conversa.- mexi as sobrancelhas, ao mesmo tempo que lhe espetava um dedo no nariz.- eu posso muito bem andar a seguir-te estes dias todos e já saber todos os teus passos.- gozei, empinando ligeiramente o nariz.- eu sou uma caixinha de surpresas Castelo, nunca se sabe o que se esperar de mim.- pisquei-lhe olho, rindo-me logo de seguida para que não me levasse a sério e fiquei a fazer-lhe festinhas no cabelo enquanto o ouvia falar da sua mãe.- tenho a certeza que também ia gostar dela.- assenti com um sorriso.- afinal de contas, temos as duas muita paciência para te aturar.- provoquei-o, esticando-me até lhe dar um beijinho no nariz e antes que eu começasse a pensar demasiado naquele assunto, decidi nem sequer começar a pensar bem nas minhas palavras. Eu esperava que ele não ficasse a pensar que eu queria conhecer a sua mãe e apressar ainda mais as coisas, porque, apesar de eu ter a certeza de que gostaria de a conhecer, apenas por ser sua mãe, eu não queria que nos equivocássemos. Além do mais, acho que nem eu nem Jack queríamos que as coisas fossem já nessa direcção. Era demasiado cedo. Mas como eu tinha acabado de dizer, era melhor não começar a pensar já demasiado. Olhei-o por cima do ombro assim que o ouvi dizer que não estava a olhar para o meu rabo, mas ao ver o seu sorrisinho, levantei ligeiramente as sobrancelhas.- tu estavas mesmo a olhar para o meu rabo.- ri-me.- és impossível.- abanei a cabeça ainda a rir e assim que chegámos à cozinha, dei-lhe eu uma palmada no rabo, visto que estava à minha frente, olhando-o depois com uma expressão inocente.- preciso que me chegues as panelas.- pedi, como se não tivesse acabado de fazer nada e apontei para o armário onde elas estavam.- estão ali.
avatar
Rebeca Brandão

Mensagens : 144
Data de inscrição : 09/05/2014

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de estar

Mensagem por Jack Castelo em 26.07.14 23:34

Olhei-a com o olhar semicerrado depois de me dizer que me podia estar a seguir há vários dias - não me metas ideias na cabeça, eu já sou paranóico com os paparazzi - avisei. Ela era uma jornalista, nada era impossível para uma jornalista. Mesmo assim, decidi confiar nela. Não seria a primeira vez que as pessoas nos perseguiam, a mim e ao meu irmão, ao ponto de saber onde nós íamos estar ainda primeiro que nós. Isto sim, era extraordinário - Que engraçadinha, ela tem muita mais paciência que tu, para além de me aturar a mim atura o Finn e mais outra pirralha com a mania das dietas e que grita com borbulhas - ri-me falando da minha irmã - e que provavelmente está chateada comigo por não a ter trazido à praia - continuei com um ar mais pensativo mas abanei a cabeça para ela não ligar ao que eu dizia. - Eu? - perguntei num ar inocente - eu a olhar-te para o rabo? Tem cuidado com o que dizes Rebecca - revirei os olhos para mim próprio por não conseguir dizer o seu nome sem sotaque. Era difícil mas também era para a provocar, já tinha percebido que ela tinha gostado do meu sotaque. Depois de ir à sua frente arregalei os olhos e agarrei na sua mão apertando-a e puxando-a na minha direção. Virei-me para ela rindo-me e olhei para onde ela apontava e, antes de agarrar nas panelas, peguei nela ao colo de modo a que ela fosse para as minhas cavalitas.
avatar
Jack Castelo

Mensagens : 300
Data de inscrição : 01/02/2014

+ Info
Idade: 19
Estado Civíl: Casado
Cara-Metade: Finn Castelo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Sala de estar

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum